A pesquisa é um dos pilares evolutivos da sociedade. Independentemente do método adotado - se experimental, indutivo, dedutivo ou comparativo - é através dela que se produz conhecimento e se dialoga com a comunidade visando a resolução de seus problemas fundamentais. A obra que o leitor tem em mãos representa a trajetória da Universidade Presbiteriana Mackenzie nessa equação, em comemoração de 150 anos da participação docente e discente na produção de saber científico voltado ao aperfeiçoamento da cidadania no Brasil. Para celebrar esse feito, os coautores, professores e alunos da Universidade, compartilham em seus artigos pesquisas realizadas sobre temas atuais dentro do universo ainda deficitário. Os artigos se debruçam sobre temas heterogêneos como lavagem de dinheiro, lei maria da penha, crimes contra a ordem tributária, colaboração premiada e justiça negociada. Alexis Couto de Brito Adalberto José Queiroz Telles de Camargo Aranha Filho Jenifer Moraes
Editora: Editora Thoth
Categorias: Direito Penal , Direito Processual Penal

Tags:

#Direito Penal, #Direito Processual Penal

Autores:

Comentários
  • Este arquivo ainda não possui nenhum comentário... seja o primeiro a comentar!
Avaliações
  • Este arquivo ainda não possui nenhuma avaliação... seja o primeiro a avaliar!

ISBN: 978-65-5959-499-3

IDIOMA: Português

NÚMERO DE PÁGINAS: 383

NÚMERO DA EDIÇÃO: 1

DATA DE PUBLICAÇÃO: Julho/2023

A pesquisa é um dos pilares evolutivos da sociedade. Independentemente do método adotado - se experimental, indutivo, dedutivo ou comparativo - é através dela que se produz conhecimento e se dialoga com a comunidade visando a resolução de seus problemas fundamentais.
A obra que o leitor tem em mãos representa a trajetória da Universidade Presbiteriana Mackenzie nessa equação, em comemoração de 150 anos da participação docente e discente na produção de saber científico voltado ao aperfeiçoamento da cidadania no Brasil.
Para celebrar esse feito, os coautores, professores e alunos da Universidade, compartilham em seus artigos pesquisas realizadas sobre temas atuais dentro do universo ainda deficitário. Os artigos se debruçam sobre temas heterogêneos como lavagem de dinheiro, lei maria da penha, crimes contra a ordem tributária, colaboração premiada e justiça negociada.
Alexis Couto de Brito
Adalberto José Queiroz Telles de Camargo Aranha Filho
Jenifer Moraes
ORGANIZADORES
COORDENADORES DA COLEÇÃO
AUTORES
APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO
APRESENTAÇÃO DA OBRA

DIREITO PENAL

CAPÍTULO 1
Adalberto José Queiroz Telles de Camargo Aranha Filho
Rodrigo Domingues de Castro Camargo Aranha
A CONSEQUÊNCIA JURÍDICA DA INIDONEIDADE ABSOLUTA DO MEIO OU DO OBJETO CONFORME O CRITÉRIO LEGAL ADOTADO
Introdução
1 Teorias Subjetivas e Objetivas
1.1 Teoria Subjetiva
1.2 Teoria Sintomática
1.3 Teoria Objetiva Pura
1.4 Teoria Objetiva Temperada
2 Inidoneidade Relativa e Absoluta
2.1 A previsão legal da inidoneidade absoluta
2.2 Oportunidade para a valoração da idoneidade
2.2.1 A valoração post factum da Idoneidade Absoluta
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 2
Reynaldo Soares da Fonseca
Humberto Barrionuevo Fabretti
Gianpaolo Poggio Smanio
A PENA DE MULTA COMO ÓBICE À REINTEGRAÇÃO SOCIAL DO CONDENADO: UMA BREVE ANÁLISE DA EVOLUÇÃO LEGISLATIVA E JURISPRUDENCIAL
Introdução
1 Notas sobre o histórico legislativo da pena de multa no Brasil
2 A pena de multa e extinção da punibilidade
2.1 Análise da evolução jurisprudencial
2.2 Considerações críticas ao óbice à extinção da punibilidade
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 3
Rafael Folador Strano
DISCRICIONARIEDADE E STANDARD PROBATÓRIO NA POLÍTICA CRIMINAL DE DROGAS
Introdução
1 Discricionariedade e standard probatório
2 A palavra do Estado e a inversão do ônus da prova
3 Desdobramentos
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 4
Everton Luiz Zanella
INDUZIMENTO, INSTIGAÇÃO E AUXÍLIO AO SUICÍDIO E À AUTOMUTILAÇÃO: AS MODIFICAÇÕES DA LEI 13.968/19, AS REDES SOCIAIS E A PANDEMIA
Introdução
1 Participação Moral E Material
2 Modalidades simples e qualificada
3 As causas de aumento de pena
4 Vulnerabilidade da vítima e a tipificação penal
5 A lei n.º 13.968/2019 e seu objetivo de proteger adequadamente o bem jurídico frente ao fenômeno das redes sociais. reflexos na pandemia
5.1 O contexto da pandemia
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 5
Marco Aurélio Florêncio Filho
Eduardo Manhoso
Thamara Duarte Cunha Medeiros
LAVAGEM DE DINHEIRO E OMISSÃO IMPRÓPRIA: A IMPUTAÇÃO EM RELAÇÃO AO COMPLIANCE OFFICER
Introdução
1 Criminal Compliance como instrumento de combate à lavagem de capitais98
2 A omissão imprópria e o Compliance Officer
3 Aplicação da teoria da Cegueira Deliberada
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 6
Evandro Fabiani Capano
LEI MARIA DA PENHA: ASPECTOS CRIMINAIS
Referências

CAPÍTULO 7
Jéssica Pascoal Santos Almeida
Clara De Novais Gonçalves Machado
LOMBROSO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA: O POSITIVISMO CRIMINOLÓGICO NOS ACÓRDÃOS SOBRE PROGRESSÃO DE REGIME
Introdução
1 A progressão de regime no direito brasileiro
2 O positivismo na escola criminológica italiana
3 A novação do pensamento positivista
Considerações finais
Referências
Anexo I
Anexo II

CAPÍTULO 8
Edson Luz Knippel
Camila Ka Yun Cho
Renata Gaviolli
OS CRIMES TRIBUTÁRIOS NO CONTEXTO DA PANDEMIA DE COVID-19 – A INEXIGIBILIDADE DE CONDUTA DIVERSA
Introdução
1 Adversidades econômicas trazidas pela pandemia
2 Embasamento doutrinário e jurisprudencial das teses defensivas acerca dos crimes tributários
3 Comprovação da tese de inexigibilidade de conduta diversa
4 Institutos despenalizadores e a extinção da punibilidade em razão da ausência de pagamentos de créditos tributários
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 9
Gabriela Alves Campos Marques
Ivan Luís Marques da Silva
OS ELEMENTOS SUBJETIVOS DO INJUSTO NAS NOVAS FIGURAS TÍPICAS DA LEI DE ABUSO DE AUTORIDADE
Introdução
1 Tutelando novos crimes - a mesmice de uma política criminal ineficiente
2 Os elementos subjetivos do injusto
3 Elementos subjetivos do injusto no abuso da autoridade
4 Leitura principiológica de Política Criminal
5 O esforço hercúleo na busca da comprovação dos elementos subjetivos do injusto
5.1 Interceptação das comunicações telefônica, telemática e informática
5.2 Captação ambiental como aparente solução
5.3 O diploma adjetivo civilista
5.4 O retorno à Lei n. 9.296/96
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 10
Lia Felberg
VIOLAÇÃO DE DIREITO AUTORAL E PROCEDIMENTO PROCESSUAL: DECADÊNCIA – TEMA CONTROVERTIDO
Introdução
1 Aspectos históricos:
2 Bem jurídico tutelado
3 Elementos objetivos da tipicidade
4 Elemento subjetivo do tipo
5 Do procedimento processual. A controvérsia referente ao prazo decadencial
Considerações finais
Referências

PROCESSO PENAL

CAPÍTULO 11
Denise Neves Abade
COLABORAÇÃO PREMIADA NO DIREITO CONTEMPORÂNEO: ANÁLISE DO INSTITUTO À LUZ DA JURISPRUDÊNCIA NACIONAL E DAS CORTES INTERNACIONAIS DE PROTEÇÃO DE DIREITOS HUMANOS
Introdução
1 Colaboração premiada e os novos instrumentos de obtenção de prova na investigação
2 Conceito de colaboração ou delação premiada
3 Breve registro histórico da colaboração premiada
4 Resistência doutrinária à colaboração premiada: críticas ao conceito de busca da verdade real no processo penal
5 Colaboração premiada em face dos tribunais internacionais de proteção de direitos humanos: a avaliação do Tribunal Europeu de Direitos Humanos sobre o instituto
6 Tendências jurisprudenciais sobre o instituto
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 12
Orly Kibrit
EXECUÇÃO ANTECIPADA DA PENA: UMA ANÁLISE LEGAL, CONSTITUCIONAL E CONVENCIONAL
Introdução
1 A evolução do entendimento do Supremo Tribunal Federal a respeito da execução antecipada da pena
1.1 O julgamento do habeas corpus 84.078-7/MG
1.2 O julgamento do habeas corpus 126.292/SP
1.3 As Ações Declaratórias de Constitucionalidade 43, 44 e 54
2 O advento da previsão de execução antecipada da pena no procedimento do Júri
3 Violação da cidadania transnacional pela execução antecipada da pena
3.1 A execução antecipada da pena sob a perspectiva de nosso ordenamento jurídico interno
3.2 Um olhar interamericano a respeito da execução antecipada da pena
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 13
José Reinaldo Guimarães Carneiro
MECANISMOS DE JUSTIÇA NEGOCIADA NO PROCESSO PENAL BRASILEIRO: BREVES CONSIDERAÇÕES, PERSPECTIVA HISTÓRICA E POSSIBILIDADES PARA O FUTURO
Introdução
1 O advento da Lei 9.099/95: fim da obrigatoriedade e da indisponibilidade
2 A evolução histórica da legislação processual sobre mecanismos de consenso
3 O Acordo de Não Persecução Penal (ANPP) do Pacote Anticrime
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 14
Mariângela Tomé Lopes
Guilherme Madeira Dezem
O RECONHECIMENTO DE PESSOAS E COISAS COMO MEIO IRREPETÍVEL E ANTECIPADO DE PROVA
Introdução
1 Aspectos gerais sobre o reconhecimento como meio de prova
1.1 Conceito e finalidade do reconhecimento
1.2 Natureza jurídica do reconhecimento. Meio de prova com a finalidade de identificação do suspeito
1.3 Influência da memória na produção probatória
2 Reconhecimento como um meio de prova irrepetível e urgente
2.1 Meio de prova irrepetível
2.2 Meio de prova urgente
3 Procedimento urgente a ser respeitado na realização do reconhecimento
3.1 Meio de prova urgente. Incidente Probatório. Produção antecipada de prova
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 15
Fabiano Augusto Petean
Isabella Galbieri Agria
OS RELEXOS E AS INTERFERÊNCIAS PSICOLÓGICAS DAS PROVAS ORAIS NO PROCESSO PENAL
Introdução
1 Natureza das provas no processo penal quanto ao meio gerador
1.1 Provas de natureza objetiva
1.2 Provas de natureza objetivo-subjetivas
1.3 Provas de natureza subjetiva
2 Da dependência da produção de provas subjetivas no processo penal
2.1 Da dificuldade de produção de provas objetivas ou mistas
2.2 Da facilidade da prova oral
3 As influências e os reflexos das características humanas na produção probatória oral
3.1 Influências psicológico-objetivas que afetam o indivíduo
3.2 Influências psicológico-subjetivas que afetam o indivíduo
3.3 Reflexos apurados e os resultados da atuação dos profissionais para a proteção probatória oral
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 16
Marco Polo Levorin
Advogado e Professor
OVERCHARGING NO PROCESSO PENAL BRASILEIRO
Introdução
1 Terminologia
2 Definição
3 Contexto inquisitório do código de processo penal brasileiro e a mentalidade inquisitória dos operadores do direito
4 Motivos
5 Requisitos da denúncia
6 Fúria acusatória no “lavajatismo”
7 Violação do estado democrático, do contraditório e lealdade processual
8 Controle processual para dissipar o overcharging
9 Normas Propedêuticas e Leis de Acesso à Prova
Considerações finais
Referências

CAPÍTULO 17
Fábio Ramazzini Bechara
Leonardo Pereira Machado
QUESITO GENÉRICO DE ABSOLVIÇÃO NO TRIBUNAL DO JÚRI E A LEGITIMIDADE RECURSAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO: ANÁLISE CRÍTICA DO RHC Nº 117.076/PR (STF)
Introdução
1 Apresentação do problema - RHC nº 117.076/PR
2 Contexto da reforma do CPP em 2008: a inserção do quesito genérico de absolvição e seus reflexos na deliberação do conselho de sentença
3 Legitimidade e interesse de recorrer do Ministério Público das decisões do Tribunal do Júri
4 A soberania dos veredictos frente ao duplo grau de jurisdição
Considerações finais
Referências


CAPÍTULO 18
Alexis Couto de Brito
Jenifer Moraes
RESQUÍCIOS INQUISITÓRIOS NO PROCESSO PENAL BRASILEIRO: RAÍZES DO PROBLEMA E CONTRADIÇÕES DO PANORAMA INSTITUÍDO APÓS A LEI 13.964/19
Introdução
1 Onde estamos: Resquícios inquisitórios e sua impertinência à luz da principiologia constitucional
2 Para onde caminhamos: Resquícios inquisitórios no Projeto de Alteração do Código Penal
3 Por onde devemos caminhar: considerações finais
Referências
  • Este arquivo ainda não possui nenhum comentário... seja o primeiro a comentar!

Você também pode gostar:

ACORDO DE NÃO PERSECUÇÃO PENAL 2ª EDIÇÃO R$ 99,90
Audiência de Custódia Ressignificando Vidas Sob as Lentes da Justiça Restaurativa R$ 63,00
Improbidade Administrativa no STF e STJ . R$ 119,00
JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS ESTADUAIS REFLEXÕES E PERSPECTIVAS NOS 25 ANOS DA LEI N.9.099/1995 R$ 66,00
Maratona Jurídica II CESPE/CEBRASPE- VUNESP R$ 110,00
Prática Trabalhista nos Tribunais TRT's e TST R$ 78,00
O uso de software espião na investigação criminal: interpretação aberta à tecnologia, (in)admissibilidade e tratamento jurídico adequado . R$ 64,00
Crimes Digitais Impróprios Uma Abordagem Constitucional e Crítica Diante da Violação de Direitos Alheios; Insegurança na Legislação Vigente e a (Falta de) Interpretação de Texto no Âmbito Digital R$ 46,00