Neste livro, busca-se expor qual caminho uma pessoa deve seguir ao perceber que ela ou alguém próximo está em desordem em relação a algum aspecto mental. Trata-se de uma espécie de manual de instrução, que ressalta a importância do tema e de sua divulgação.
Editora: EDITORA CRV
Categorias: Psicologia

Tags:

#Doença mental, doença mental e paz, Paz e liberdade

Autores:

Comentários
  • Este arquivo ainda não possui nenhum comentário... seja o primeiro a comentar!
Avaliações
  • Este arquivo ainda não possui nenhuma avaliação... seja o primeiro a avaliar!

ISBN: 978-85-444-3620-2

IDIOMA: Português

NÚMERO DE PÁGINAS: 80

NÚMERO DA EDIÇÃO: 1

DATA DE PUBLICAÇÃO: Editora CRV

Neste livro, busca-se expor qual caminho uma pessoa deve seguir ao perceber que ela ou alguém próximo está em desordem em relação a algum aspecto mental. Trata-se de uma espécie de manual de instrução, que ressalta a importância do tema e de sua divulgação. Seis medidas são fundamentais para socorrer alguém nessa condição: 1) enterrar preconceitos, pois a doença mental pode acometer qualquer pessoa, em qualquer momento da sua vida, sem exceção, e é imprescindível a aceitação desse fato; 2) lembrar-se de que o doente mental é um ser em sofrimento extremo, que precisa de amor, cuidado e atenção, e não de críticas; 3) jamais subestimar alguém ou diminuir a importância da fala de quem pede ajuda, dizendo que está simplesmente triste, angustiado, que se sente diferente; ou que vai atacar a si próprio ou a outra pessoa, embora, se a doença não for contida, chegará o dia em que isso ocorrerá de fato, mesmo que não de imediato; 4) estimular a ida a um hospital psiquiátrico ou a uma consulta com um psiquiatra; 5) seguir rigorosamente as prescrições e orientações médicas, mudando hábitos de vida, se necessário; e 6) jamais abandonar ou deixar de procurar ajuda médica, em função de crenças religiosas ou espirituais de qualquer ordem. Vale lembrar que mesmo o acometido por uma doença mental pode alcançar a paz e a liberdade, pois, se adequadamente tratado, o doente poderá lutar, conquistar e realizar seus sonhos em pé de igualdade com as demais pessoas: não é sua doença que o impedirá.
  • Este arquivo ainda não possui nenhum comentário... seja o primeiro a comentar!

Você também pode gostar:

MULHERES DE LUTA memórias do MST R$ 65,88
PERCURSO PARA A ANÁLISE PRÁTICA PSICOSSOCIAL: Ensaio sobre a transferência social R$ 132,00
QUANTO AO FUTURO do feminino mais além do falo à escrita feminina em Clarice Lispector R$ 46,68
AS METÁFORAS DE FREUD, LIVRO III, A CENSURA E A NEUROSE DE FREUD Coleção As metáforas de Freud - Volume 3 R$ 79,08
NA IMINÊNCIA DA MORTE vivência de cuidados paliativos na oncologia pediátrica Coleção Vida em Família, Educação e Cuidado - Volume 19 R$ 58,68
FAMÍLIA reflexões sobre o relacionamento entre idosos/as e jovens R$ 59,88
O DIREITO À AMAMENTAÇÃO E A PRESERVAÇÃO DO VÍNCULO MÃE BEBÊ PARA A MILITAR BRASILEIRA PÓS LICENÇA-MATERNIDADE R$ 46,68
TRAVESSIAS modos do ser docente na espacialidade R$ 46,68