O livro aborda as ações do movimento “Escola sem Partido” para a obtenção de consenso em torno de suas ideias, deflagradas pela propositura de Projetos de Lei em ambientes legislativos como: o Congresso Nacional, as Assembleias Legislativas dos Estados e as Câmaras de vereadores nos municípios brasileiros, tudo com objetivo de provocar uma série de discussões para a implementação dos preceitos do “Escola sem Partido” como política de regulação social através de uma política educacional.
Editora: EDITORA CRV
Categorias: Educação

Tags:

#Escola sem partido, #Regulação Social

Autores:

Comentários
  • Este arquivo ainda não possui nenhum comentário... seja o primeiro a comentar!
Avaliações
  • Este arquivo ainda não possui nenhuma avaliação... seja o primeiro a avaliar!

ISBN: 978-65-251-1639-6

IDIOMA: Português

NÚMERO DE PÁGINAS: 202

NÚMERO DA EDIÇÃO: 1

DATA DE PUBLICAÇÃO: Editora CRV

O livro aborda as ações do movimento “Escola sem Partido” para a obtenção de consenso em torno de suas ideias, deflagradas pela propositura de Projetos de Lei em ambientes legislativos como: o Congresso Nacional, as Assembleias Legislativas dos Estados e as Câmaras de vereadores nos municípios brasileiros, tudo com objetivo de provocar uma série de discussões para a implementação dos preceitos do “Escola sem Partido” como política de regulação social através de uma política educacional. A pesquisa trouxe os meios utilizados para conquistar a opinião pública, bem como as justificativas para formatar a implementação desse projeto no âmago da escola pública nacional. Identificam-se também os apoiadores e suas respectivas ligações a grupos da sociedade, bem como os segmentos que fazem frente à proposta e suas operações em rede, mostrando um nítido campo de disputa, existente nas discussões sobre a temática. O poder político do Estado é analisado sob o foco do alcance da juridicidade e da legalidade, como instrumentos para obtenção do consenso e da consequente, regulação social. Destaca a presença do estado educador, intervindo na educação por meio de políticas regulatórias, demonstrando nítido interesse na contenção do espírito crítico contestador no ambiente escolar. Apesar do combate à doutrinação contido no discurso do movimento “Escola sem Partido”, o livro pontua a ideológica postura de manutenção da hegemonia política, econômica e cultural, apresentada nas entrelinhas dos Projetos de Lei do movimento “Escola sem Partido”.
  • Este arquivo ainda não possui nenhum comentário... seja o primeiro a comentar!

Você também pode gostar:

MEMÓRIA DOS PIONEIROS: Cidade Gaúcha – 70 anos: Colonização no noroeste do Paraná R$ 712,80
PRECARIZAÇÃO DA ESCOLA PÚBLICA Coleção Educação e os Desafios da Escola Pública Volume 1 R$ 64,68
A FORMAÇÃO DOCENTE NOS PLANOS SUBNACIONAIS DE EDUCAÇÃO especificidades do planejamento no Tocantins e nos municípios do norte do estado R$ 70,68
IDENTIDADE DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL tensões e desafios de ser professor de crianças R$ 71,88
ASPECTOS AFETIVOS E EMOCIONAIS DA PRÁTICA EDUCATIVA: pressupostos e perspectivas para o processo de ensino-aprendizagem R$ 63,48
EDUCAÇÃO INCLUSIVA E A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA . Gratuito
MATEMÁTICAS: a etnomatemática mobilizada na formação de professores no extremo norte do Brasil R$ 51,60
A FORMAÇÃO DOCENTE COMO FERRAMENTA PARA A QUALIDADE DO ENSINO JURÍDICO REFLEXOS DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DOS PROFESSORES DO CURSO DE DIREITO R$ 56,00