Os registros, apontamentos e entrevistas realizados com os pioneiros de Cidade Gaúcha, no Estado do Paraná, são relatados neste Livro, que possui mais de 1400 imagens ilustrativas. Os primeiros moradores chegaram em 1951 e contam as lembranças que guardam na memória: as dificuldades enfrentadas, os perigos da floresta, o desbravamento do local. Falam sobre a instalação das moradias, das igrejas, das atividades políticas e muito mais. Destacam a educação na família e nas escolas. Os primeiros professores da Cidade contam suas experiências e a motivação deles e de seus alunos. No auge da colonização, promovida pelo cultivo do café, o “ouro verde”, a Cidade e seus distritos tiveram quase 40 mil habitantes. Devido às fortes geadas, a maioria dos moradores foi em busca de novos locais a desbravar.
Editora: EDITORA CRV
Categorias: Educação

Tags:

#Colonização, #Educação e cultura, #Memória dos pioneiros

Autores:

Comentários
  • Este arquivo ainda não possui nenhum comentário... seja o primeiro a comentar!
Avaliações
  • Este arquivo ainda não possui nenhuma avaliação... seja o primeiro a avaliar!

ISBN: 978-65-251-1090-5

IDIOMA: Português

NÚMERO DE PÁGINAS: 1242

NÚMERO DA EDIÇÃO: 1

DATA DE PUBLICAÇÃO: Editora CRV

Os registros, apontamentos e entrevistas realizados com os pioneiros de Cidade Gaúcha, no Estado do Paraná, são relatados neste Livro, que possui mais de 1400 imagens ilustrativas. Os primeiros moradores chegaram em 1951 e contam as lembranças que guardam na memória: as dificuldades enfrentadas, os perigos da floresta, o desbravamento do local. Falam sobre a instalação das moradias, das igrejas, das atividades políticas e muito mais. Destacam a educação na família e nas escolas. Os primeiros professores da Cidade contam suas experiências e a motivação deles e de seus alunos. No auge da colonização, promovida pelo cultivo do café, o “ouro verde”, a Cidade e seus distritos tiveram quase 40 mil habitantes. Devido às fortes geadas, a maioria dos moradores foi em busca de novos locais a desbravar. O interessante é que, ainda que não sejam mais moradores de Cidade Gaúcha, o vínculo afetivo e educacional os une e todo ano muitos pioneiros e ex-moradores se encontram e continuam a manter viva a memória da forma pela qual foi criada a Cidade. O livro apresenta também os aspectos relacionados ao comércio, à saúde e aos esportes. Os primeiros comerciantes, que atuaram por mais de trinta anos na mesma profissão, evidenciam a tradição e o comprometimento com o desenvolver da cidadania. Conclui-se que os relatos desses valorosos pioneiros contribuirão para compreender a colonização no noroeste do Paraná, uma vez que as histórias se misturam e traduzem a força dos desafios em busca do novo. Realizados ou não os planos dos desbravadores, é o que se registra por ora aqui neste trabalho de pesquisa. Flavia Carrard Schwerz Licenciada em Ciências (1973) com complementação em Matemática e pós-graduada em Ensino de Ciências (1987) na Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí, PR. Atuou como orientadora acadêmica em EAD, Campus do Arenito, Universidade Estadual de Maringá, PR. Foi professora, secretária e diretora nos ensinos fundamental e médio. Fundadora e coordenadora da Casa da Cultura e da Fundação Cultural de Cidade Gaúcha, PR.

  • Este arquivo ainda não possui nenhum comentário... seja o primeiro a comentar!

Você também pode gostar:

PRÁTICA PEDAGÓGICA DECISÕES DE MÚLTIPLAS CONEXÕES R$ 40,00
NO RITMO DA LEITURA R$ 46,80
REFLEXÕES SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA Série professor de Matemática em desenvolvimento profissional Volume IV 2ª Edição R$ 59,88
O Desafio de Ensinar para a Nova Geração nos Cursos Jurídicos . R$ 59,00
Escola participativa o conselho escolar em questão R$ 90,00
Estudos da linguagem experiências de pesquisa e ensino R$ 66,00
UTOPIA E NORMATIVIDADE CURRICULAR abordagens pós-estruturalistas R$ 58,08
Direito humano ao desenvolvimento a educação “do futuro” no presente R$ 40,31